O 1º Fórum OEP de Práticas Educativas reunirá educadores e gestores das escolas do grupo OEP numa proposta de celebração e compartilhamento de boas práticas educativas desenvolvidas em nossas escolas. Nosso objetivo é promover a reflexão acerca das metodologias ativas de ensino e de sua aplicação na sala de aula, seja ela presencial ou virtual. 

Com o tema Como fomentar as interações pedagógicas e educacionais durante as atividades remotas, presenciais ou híbridas?, a primeira edição do fórum se destaca no atual contexto educacional, que combina as modalidades presencial, remota e híbrida, em decorrência da pandemia de covid-19. Nesse contexto, torna-se relevante o aprofundamento desse debate, para que as metodologias sejam discutidas no campo teórico-prático e ressignificadas na prática docente.

Quem pode inscrever trabalhos para apresentar no Fórum OEP?

Educadores, coordenadores e gestores de qualquer segmento e contraturno (integral) das escolas do Grupo OEP que tenham desenvolvido práticas educativas em sala de aula ou na formação docente ou de suas equipes de trabalho.  A apresentação pode ser individual, em dupla ou em trios. Cada apresentação terá a duração máxima de 15 minutos.

Critérios para inscrição das práticas

  • Ser uma atividade – aula ou sequência didática ou projeto –  que possibilitou interação entre estudantes e entre estudantes e professor;
  • Ser preferencialmente uma atividade colaborativa entre educadores de todos os setores da escola;
  • Ser uma atividade que resultou na evolução do aprendizado para os estudantes e deve ter sido avaliado a partir de indicadores que precisam ser citados. 

PROGRAMAÇÃO DO FÓRUM

Sábado, 25 de setembro

Online, via Youtube e Google Meet.

09:00

Abertura e Mesa redonda: A escola pós-pandemia. O que aprendemos nesse processo?
Convidados: Pablo Doberti / Alcielle dos Santos / Fernando Pimentel
Mediação: Luciana Gama

10:15

Intervalo

10:30

Sessão de apresentação das práticas.

11:30

Perguntas, aprofundamento e troca de ideias entre os participantes dentro da sessão.

12:00

Encerramento

Recebemos a inscrição de 45 trabalhos e todos foram validados pela comissão. Dessa forma,
estão organizados em 15 sessões com 3 práticas em cada. Teremos 20 minutos para cada apresentação e 30 minutos de perguntas, aprofundamento e troca de ideias entre os participantes.

Aqui você encontra o detalhamento de cada uma das sessões e os trabalhos que serão apresentados. Escolha a sessão que você gostaria de participar e faça já a sua inscrição. Vagas limitadas. Inscrições até sexta 24/09

Será um fórum riquíssimo com o compartilhamento de ideias, estratégias e projetos realizados.

SESSÕES

Sessão 01

Autores: Michelle Cristina Barbosa Neves e Giovana Capucim

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: INTERDISCIPLINAR

Tendo como ponto partida os estudos sobre o Iluminismo e a Revolução Industrial em História e a Primeira e Segunda Lei da Termodinâmica em Física, os estudantes dividiram-se em equipes para se aprofundar nas relações entre esses processos histórico-científicos. Eles buscaram as próprias referências de aprofundamento e elaboraram um produto de divulgação científica para as mídias sociais no qual romperam com a barreira que separa as disciplinas e as áreas, demonstrando a enorme interdependência entre elas em seus processos de desenvolvimento.

Autores: Denise Selmo

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Estudantes do 1° Ano do Médio do Colégio Elvira Brandão, educadores da Texas Tech University e da Feira de Ciências Itinerante de Sergipe idealizaram, projetaram e construiram um veículo para estudar Marte, comunicando-se em inglês. O veículo era auto-alimentado e parcialmente comestível para servir de alimento para os astronautas ao término da exploração espacial deixando menos lixo em Marte.

Autores: Jaco Izidro de Moura

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

O presente trabalho relaciona o conceito de ENTROPIA dentro da Segunda Lei da Termodinâmica e sua relação com questões biológicas como a teoria da evolução, questões filosóficas como vida, morte e positivismo, teoria da informação e questões ecológicas como a insustentabilidade dos atuais meios de produção. Pretende-se mostrar aos alunos que há conceitos que transcendem o campo da Física e da Ciência. O trabalho foi dividido em três etapas: Mobilização com vídeos e a produção de mapas conceituais, aprofundamento com leitura de textos e discussões e a síntese através da tentativa de expressar em uma única imagem o que é entropia. A participação e deslumbramento dos alunos foi gratificante.

Sessão 02

Autores: Daniela Modesto, Juliana Luta e Janaina Souza

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

Pesquisa com as famílias sobre as parlendas da infância e posteriormente a análise de diferentes parlendas para que ampliassem seu repertório sobre o gênero. Os estudantes escolheram sua parlenda preferida e organizaram um livro. Todos participaram do processo, fizeram revisão das ilustrações, diagramação no computador, textos coletivo tendo o professor como escriba, escolha de cores para as páginas e também analisaram a estrutura de um livro para a elaboração do livro da turma.

Autores: Ana Ximenez e Vanessa Figueiredo

Escola: Educação Infantil

Segmento: Ensino Médio

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Durante os encontros online, percebemos que as crianças se envolviam mais quando jogos e brincadeiras eram propostos. No Elvira Plus, os vocabulários eram inseridos e adaptados aos jogos de acordo com os conteúdos a serem trabalhados para cada faixa etária. De forma lúdica e divertida, os estudantes utilizaram a Língua Inglesa espontaneamente, ocasionando um aprendizado mais dinâmico e efetivo.

Autores: Katia Luciana da Silva

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

Explorando a caixa! O principal objetivo é oportunizar às crianças o desenvolvimento da oralidade, da expressão corporal, gestual e facial explorando cantigas infantis.

Sessão 03

Autores: Thiago Ferreira

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Uso do Jamboard para desenvolver e consolidar práticas ativas e colaborativas de sínteses visuais e cartográficas nas aulas de Geografia do Ensino Médio.

Autores: Vinícius Felipe Gomes e Vandré Aparecido Teotônio da Silva

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

A atividade PiaOnu, realizada em 2019, teve como norte a compreensão do ensino como pesquisa, objetivando relacionar as experiências discentes a partir da perspectiva de leitura crítica do mundo, autônoma e dotada de significados. Sendo assim, os alunos foram desafiados a reproduzir uma Assembléia Geral, com problemas globais reais e propostas articuladas de solução.

Autores: Vinícius Felipe Gomes

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Atividade voltada ao aprendizado e à apreciação artística, tendo como ferramenta a utilização de filmes que, relacionados a temas da disciplina de história, servem como ponto de partida para debates, trocas e construção de ideias. Construindo, assim, um espaço rico de conhecimento, os alunos são estimulados a visualizar e externar suas percepções e dúvidas.

Sessão 04

Autores: José Bento Machado Ferreira 

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Não apenas os diálogos platônicos, mas diversos textos clássicos estudados na área de Ciências Humanas recorrem à narrativa e a figuras de linguagem para a consideração de ideias e argumentos. Sob a pressão do calendário e acossados pelo excesso de distrações que os dispositivos eletrônicos impõem, muitas vezes o tempo da aula (presencial ou remota) é insuficiente para uma fruição dos textos adequada à fixação dessas ideias. Em outras palavras, a leitura e discussão de textos por vezes não atinge todos os alunos. O “storyboard” é um recurso utilizado na área de cinema e vídeo. Celebrizado por Hitchcock (1899-1980) e Kurosawa (1936-1993), trata-se do rascunho de um filme e assemelha-se à linguagem da HQ, a história em quadrinhos. Transpor certas passagens de textos clássicos para o formato do “storyboard” é uma forma de registrar as partes do texto como um filme que passa pela mente do leitor, o que ocorre de modo pessoal (esta é a riqueza da experiência literária). A confecção do “storyboard” permite o desenvolvimento de aprendizagens diversas, uma vez que o jovem que domina o aspecto conceitual do exercício não é necessariamente o mais predisposto à produção artística e, quando o trabalho é realizado em grupos, ocorre a validação e o compartilhamento desses diversos modos de aprendizagem. Além disso, o momento da produção desses desenhos quebra o ritmo do curso, desloca os corpos e, com isso, proporciona o momento de “suspensão” que, conforme Masschelein e Simons, seria uma prerrogativa da escola da qual nos afastamos e que cumpre retomar.

Autores: Vânia Valéria Valente e Bárbara Lina Medeiros

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

O Novo Ensino Médio trouxe um grande desafio: a criação e organização dos novos Itinerários, uma vez que em cada escola existem diferentes especialidades, dificultando assim o aprofundamento em determinados temas. As Trilhas Formativas – que se apoiam em metodologias ativas e estratégias de facilitação – são relevantes para promover uma aprendizagem integrada, criativa e colaborativa, onde os objetos de conhecimento se entrelaçam para se alcançar um objetivo comum.

Autores: Heitor Augusto Maldonado Soares e Patricia Silva de Oliveira Salgado

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

Reajuste de aluguel, taxas de juros, imposto de renda. Nossa vida é permeada por questões matemáticas que muitas vezes nem nos atrevemos a tentar compreender. Com objetivo de disponibilizar tais ferramentas aos estudantes, o trabalho desenvolvido foi de transformar as informações matemáticas estudadas em podcasts para desmistificar a matemática e mostrar que ela é acessível e necessária para o cidadão.

Sessão 05

Autores: Carina Toledano e Luis Felipe Silva

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: SOCIOEMOCIONAL E PROJETO DE VIDA

Como fazer escolhas em um mundo tão volátil e imprevisível? Como demonstrar amor ao outro se não tenho tempo nem para mim? Como lidar com conflitos sem nem saber o que eu sinto? Agora temos que experimentar como incluir esse olhar em nossas práticas educacionais. Já temos alguns palpites aqui no Colégio Elvira Brandão e queremos compartilhar com vocês como tem sido essa jornada de implementação de um currículo socioemocional por aqui.

Autores: Danilo Abranches Safi

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

Trabalho sobre sexualidade realizado com as turmas de 9° do EF que tem como objetivo permitir maior visibilidade à comunidade LGBTQIA +, desconstruir preconceitos e tabus que envolvem o tema. No geral, esse assunto é pouco debatido nas escolas por envolver temas delicados acerca da construção da sexualidade em jovens de idade escolar com o argumento de que poderia haver um incentivo a uma sexualização precoce e uma permissividade em relação a diferentes orientações sexuais que não se enquadram na heteronormatividade imposta pela sociedade. Após os estudos sobre sexo biológico, orientação sexual e identidade de gênero, as alunas e alunos produziram posts para o instagram para ser divulgado à comunidade escolar. Houve também uma socialização entre os pares, permitindo discussões sobre os motivos dos subtemas das postagens permitindo o aprofundamento e a retomada dos conceitos estudados.

Autores: Cecilia Campanatti Fabricio e Gilvaneria Almeida Machado

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

Adaptação com respeito e empatia! Como conseguir tornar mais tranquila a adaptação do estudante e a família mais segura. Que passos são mais assertivos para o sucesso da adaptação? Como envolver e corresponsabilizar a família sobre a qualidade e bom resultado da adaptação do estudante?

Sessão 06

Autores: Gabriela Garcez Ikeda, Amanda dos Anjos Novo, Anna Beatriz Lousa, Carolina Mormanno,
Lucas Henrique Ribeiro e Vinicius Silva Souza.

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: FORMAÇÃO DOCENTE E GESTÃO

Área: FORMAÇÃO DOCENTE E GESTÃO

A apresentação do material “Refletindo sobre a elaboração de questões com vistas à aprendizagem e à participação plena de todos” tem como objetivo contribuir para a elaboração de questões, que podem compor fichas, instrumentos de avaliação e todo e qualquer material que apresente um conteúdo e/ou solicite dos e das estudantes a expressão do conteúdo aprendido. Com ela, almejamos dar mais um passo na direção de contemplar a multiplicidade de formas de aprendizagem presentes nas nossas salas de aula. Dessa forma, esperamos fornecer subsídios para a elaboração de questões que possam ser compreendidas e respondidas por todos de maneira autônoma ou menos intermediada, o que favorece que estudantes possam fazer reflexões metacognitivas, se apropriando dos próprios processos, identificando com mais facilidade seus interesses e desafios, e mapeando o seu modo particular de aprender. Dessa maneira, o material não se volta a um público específico, mas busca oferecer soluções que potencializem a aprendizagem de todos e todas. A inclusão faz nosso espaço mais diverso e nos coloca um ritmo de constante repensar, que traz ganhos para a educação democrática, nos fazendo refletir sobre o que devemos oferecer para que cada estudante possa participar plenamente e tenha condições de se empenhar nas atividades e propostas.

Autores: Fernanda Hanak Farias e Nader Tannoukhy

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Ensino Médio

Área: INTERDISCIPLINAR

A ONC 2021 teve como objetivos centrais o estímulo do interesse pelo estudo das ciências naturais, aproximando o contato do aluno com o ensino superior. Incentivando o ingresso de estudantes nas áreas científicas e tecnológicas, nas universidades ou nos setores produtivos, trocando experiências sobre conceitos de História, Biologia, Física, Química e Astronomia. Visando o aprimoramento de suas formações e desenvolvendo as habilidades de: gestão do tempo, autonomia e trabalho em equipe.

Autores: Michelle Cristina Barbosa Neves, Giovana Capucim e Silva

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Ensino Médio

Área: INTERDISCIPLINAR

Este trabalho traz a Iniciação Científica como um campo de grandes potencialidades para o engajamento dos estudantes do Núcleo de Práticas Inclusivas. Isto se observa em resultados significativos de engajamento e qualidade de entregas. Acredita-se que isto deva-se ao fato de na IC @s estudantes vislumbrarem a possibilidade de trazer suas maiores paixões para o ambiente acadêmico de modo autônomo e orgânico.

Sessão 07

Autores: Alessandro de Souza

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

O projeto tem como objetivo estimular o interesse do aluno na disciplina de Matemática, trabalhando os conteúdos da série em um ambiente que vai além da sala de aula, incentivando o estudo diário, além de usar as novas tecnologias como apoio didático. Baseado na BNCC, trazendo a interatividade dos participantes e familiares na premiação.

Autores: Beatriz Perrella, Katia de Aquino e Aline Silva

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: LINGUAGENS, CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

O gênero textual “ficha técnica” apresenta informações específicas de algum objeto ou ser vivo organizadas em tópicos, de modo objetivo e sintético. Com o intuito de ampliar o repertório dos estudantes referente aos animais trabalhados no projeto e exercitar a leitura, compreensão de texto e escrita, trabalhamos o gênero de forma colaborativa com outras áreas do conhecimento, o que levou a um aprendizado efetivo e significativo.

Autores: Tammy Niwa Watanabe e Giovanna Colini da Silva

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: INTERDISCIPLINAR

O presente trabalho põe em foco a orientação de estudos – realizada nas turmas de 4º ano do F1 – cujos objetivos são de caráter pedagógico e educacional. Tal intervenção, realizada não só como sintetização e preparação para a avaliação trimestral, mas também em função do trabalho voltado para a construção da autonomia e da metacognição, torna-se uma atividade fundamental à medida que colabora também para a promoção do engajamento dos estudantes. Por tais motivos, a orientação de estudos deve ter espaço privilegiado no planejamento do professor .

Sessão 08

Autores: Bruno Picchi, Diego Lucena e Tarso Loureiro

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Trata-se de um projeto desenvolvido no contexto do sistema híbrido de ensino com estudantes do 8° ano que inicialmente procurou contemplar minimamente as intenções propostas para o estudo do meio que não foi realizado no ano de 2020. Por meio dos componentes curriculares de Geografia e História, e a partir do planejamento estabelecido no começo do ano com seus objetos do conhecimento, foi concebido e desenvolvido o trabalho interdisciplinar intitulado AMÉRICA LATINA: UN PUEBLO SIN PIERNAS, PERO QUE CAMINA. No universo luso-americano, o objetivo foi o de conhecer, compreender e discutir o processo de interiorização e as mudanças do protagonismo regional e suas consequências para a contemporaneidade latino-americana.

Autores: Ariane Gonçales Monteiro

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: METODOLOGIA DE PROJETOS

Em meio a uma pandemia que pegou a todos de surpresa, o ensino a distância tornou-se necessidade. Estávamos todos afastados e desafiados: é possível manter as relações próximas e afetuosas de maneira remota? Como fazer isso? Optamos pela arte e pela metodologia de projetos. Foi por meio dessa dessa metodologia que continuamos conectados não só pela internet, mas pela sintonia e pelo aprendizado.

Autores: Cinthia Moreto Costa e Aline Martins

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

O eixo condutor do trabalho é a disciplina de História, que tem o Egito, país pelo qual, os estudantes trabalham os aspectos e formas de registro das sociedades antigas na África ( EF06H107) e, com esse olhar, a disciplina de Arte entra com a confecção e a magia das máscaras africanas. Para coroar o trabalho, temos a leitura do paradidático ” A maldição do tesouro do faraó”, em que os estudantes vislumbram o conhecimento acadêmico paralelo a uma narrativa de aventura. As atividades aconteceram por meio de oficinas e montagem de uma instalação, o que possibilitou a imersão, inclusive de visitantes.

Sessão 09

Autores: Jenifer Silva e Michele Camargo

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Apertar, cortar, girar, pintar, modelar, imaginar, executar, brincar… É a partir destas ações, desenvolvendo grafomotricidade e praxia fina, que o trabalho com letra cursiva se inicia no 2º ano. Para este trabalho, a equipe vai lançando mão de diferentes estratégias, entre elas o trabalho maker, desenvolvido por meio do componente curricular de cultura de inovação. Esta apresentação contará sobre esse processo, apresentando alguns recortes dessa fase tão rica em desenvolvimento.

Autores: Luiza Alves Cilento

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: INTERDISCIPLINAR

O presente trabalho origina-se a partir da demanda de articulação entre a rotina presencial e a rotina do planejamento remoto, ofertado para as famílias que decidiram pela modalidade online. Para tanto, todas as intervenções foram especialmente planejadas e organizadas de modo a cuidar da desafiadora interação entre os alunos e alunas que estão na escola e os que estão em casa, oferecendo uma experiência escolar de qualidade para quem ainda não pode vivenciar a escola presencialmente.

Autores: Patricia Patachini Agostinho Spinelli e Letícia Perroud

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

O propósito deste trabalho é compartilhar o Projeto de reescrita coletiva de contos acumulativos, desenvolvido no Grupo 5A no ano de 2020, com o desafio de garantir a interação entre as crianças no formato híbrido. O objetivo principal deste projeto foi propiciar uma vivência coletiva valiosa no sentido de oferecer às crianças experiências com a linguagem escrita, antes mesmo de compreenderem o funcionamento do sistema alfabético, o que acarretou muitos avanços, incluindo a possibilidade de refletir sobre a diferença desta e da linguagem oral.

Sessão 10

Autores: Ana Paula de Moura Silva, Livia Zanatta e Juliana Cipriani

Escola: Colégio Elvira Brandão   

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

Partindo do conhecimento prévio dos estudantes, exploramos e aplicamos práticas para introduzir as características dos animais. Com isso desenvolvemos habilidades e proporcionamos experiências teóricas e práticas. Finalizamos com a “mão na massa”, desafiando a turma na construção de uma animal infláve. Todos os conceito foram vivenciados na prática, garantindo uma aprendizagem significativa.

Autores: Áurea Aparecida de Morais

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Esportes Aquáticos na escola – Conhecimento que vai além da piscina. Objetivo :Apresentar variados esportes aquáticos , conversar sobre eles e utilizar o nado sincronizado como um exercício de ginástica e dança em um ambiente simulando a piscina. Obtivemos como resultado o aprendizado sobre modalidades aquáticas e vivência de alguns objetivos do nado sincronizado focado na sincronia e muito trabalho em equipe.

Autores: Liv Armstrong Namura, Simone Giovanni, Vanessa Alvim e Marília Bellintani

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS

A apresentação relata o trabalho realizado na área de Ciências, de forma virtual, pelas turmas de 2º ano do ensino fundamental do Colégio Oswald de Andrade ao longo do 1º trimestre de 2021, com a utilização de diferentes recursos tecnológicos. A partir de tal investida, foi possível, aos estudantes: identificar os elementos da natureza; classificá-los ção em grupos – seres vivos e não vivos; construir a definição de seres vivos por meio de suas principais necessidades e características; e reconhecer a diversidade de seres vivos, agrupando-os de acordo com características morfológicas semelhantes.

Sessão 11

Autores: Bruno Picchi, Rita Belinelo e Vania Luz

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

O projeto MERCADO FINANCEIRO, de natureza interdisciplinar, é desenvolvido nos 9° anos pelos componentes curriculares de Geografia e Matemática, e tem por objetivo investigar a Economia de nosso tempo. Normalmente camuflada em jargões, números, siglas e operações matemáticas misteriosas, a Economia parece muito distante de nosso dia a dia. No entanto, mais do que nunca, somos direta e indiretamente afetados pelas mudanças econômicas. Sendo assim, por meio de leituras de textos, pesquisas direcionadas e palestras, o projeto Mercado Financeiro pretende criar situações para que os estudantes viessem a entender melhor como funciona a Economia contemporânea./

Autores: Carolina Marcinari Moreira Ayres

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Jogos Olímpicos: já passou pela sua cabeça, por que nosso quadro de medalhas, por mais que tenhamos atletas incríveis, sempre está muito abaixo do que podíamos ter? Já se perguntou como isso pode impactar através das aulas de educação física e incentivos de nossos professores ? O que fazer para poder mudar isso, e dar visibilidade para grandes atletas que hoje, em muitos casos, vivem de vaquinhas on-line, doações e treinam em lugares precários. No nosso projeto, trouxemos uma visão que aborda desde a educação física até os treinamentos de alto nível.

Autores: Fernando Ribeiro Pimentel

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: Linguagens, Educação Midiática, Cidadania Digital

A internet é uma terra sem lei? Quem regula a internet?” – Foi com essa pergunta que mobilizamos nossos estudantes do 6º e 7º ano a darem um passo para trás e tornarem a própria vida virtual em objeto de estudo, durante a pandemia. Este trabalho, que acontece anualmente com as turmas de 7º ano, ganhou um novo formato durante a pandemia. Além de se tornar um trabalho interseriado, o repertório digital que ocupou grande parte do tempo de lazer de nossos estudantes permitiu que o projeto ganhasse em amplitude e em diálogo com as práticas vividas em cada uma das casas.

Sessão 12

Autores: Vandré Aparecido Teotônio da Silva e Vinícius Felipe Gomes

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Ensino Médio

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

A “1ª Semana do Protagonismo Feminino do Colégio Piaget”, atividade de encerramento do componente curricular Questões Contemporâneas (2020), objetivou publicizar os lugares de fala e ação das(os) alunas(os) do Ensino Médio, a partir de problemáticas inerentes ao papel da mulher na atualidade, resultando, assim, em uma aprendizagem significativa que valoriza a autoria e o senso crítico como práticas transformadoras da sociabilidade.

Autores: Raimundo Fernandes, Fabrício Fernando e Felipe Vitorino

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Integral, Contraturno ou Extraclasse

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

A apresentação tem como objetivo fomentar a prática do futsal, das escolas de esportes e das atividades lúdicas no dia a dia durante a pandemia. Utilizamos de diversas estratégias para incentivar a pratica da atividade física em casa. Nesse período as aulas foram gravadas e disponibilizada nas plataformas do colégio. Recebemos muitos feedbacks através de vídeos gravados pelos familiares executando os exercícios propostos. Assim contemplamos alunos e pais.

Autores: Malu Rangel e Katharina Cotrim

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Todos

Área: CLIP (CENTRO DE LEITURA, INVESTIGAÇÃO E PESQUISA)

O que sustenta uma biblioteca? Por quais caminhos passeiam a experiência leitora? Como é ler? E como, depois de lermos tanto sozinhos, será possível voltar a compartilhar um espaço de trocas e investigações leitoras? Se ainda somos leitores, como será a biblioteca pós-pandemia? Essas e outras questões serão abordadas nesta comunicação, que traz o relato de três experiências leitoras que mantiveram a biblioteca viva na imaginação das educandas e dos educandos ao longo do período pandêmico. As trocas realizadas virtualmente (aqui, realizadas durante o Mês Literário) puderam deixar acesas as perguntas: como será a biblioteca que encontraremos? Como será a biblioteca que construiremos?

Sessão 13

Autores: Aline Helena Iozzi de Castro

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Refugiados: para onde vamos? O presente trabalho tem como objetivo sensibilizar os alunos para a temática dos refugiados, oferecendo-lhes instrumentos conceituais e procedimentais que os ajudem a compreender essa questão como uns dos principais problemas a serem enfrentados pela humanidade, em nosso tempo.

Autores: Aline Martins

Escola: Colégio Piaget    

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: CIÊNCIAS DA NATUREZA E SUAS TECNOLOGIAS E CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Como resolver uma pandemia? A provocação aos estudantes do 6º envolveu no jogo pedagógico a investigação, o uso do método científico, a argumentação e a análise de fontes. O objetivo foi proporcionar aos estudantes a imersão nas metodologias de investigação científica das disciplinas de História e Ciências para resolução de problemas. As áreas se conectam na intersecção temática da pandemia de Covid-19, proporcionando o desenvolvimento das habilidades analíticas.

Autores: Débora Raquel Pivato Nobumitsu, Claudia Pantojo e Rosecleide Fregonesi Salomão

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: INTERDISCIPLINAR

Utilizando a abordagem do Design Thinking e suas ferramentas, com o estudante no centro do processo, o componente curricular de Projeto propõe análise do problema, expressão de ponto de vista, além de proposição de soluções. Tudo isso é feito coletivamente, para que o estudante busque as melhores soluções em grupo. Venha entender como fazer esse trabalho e toda sua potencialidade!

Sessão 14

Autores: Bianca Silva Menezes, Erika Trivellato e Simone Harms

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

Em virtude do que as crianças vivenciaram na pandemia, em virtude do isolamento, trouxemos o livro “O Monstro das Cores”, para garantir um tempo privilegiado de percepção de sentimentos que temos e como podemos lidar da melhor forma possível com eles. Os estudantes passaram por etapas que envolveram leitura, interpretação, levantamento de dados, trabalho com gráficos, tratamento de informação, autoconhecimento, percepção de sentimentos e manifestações destes nas nossas ações.

Autores: Amanda Angelini, Marta Lacoma, Débora Rabello e Ana Kalili

Escola: Colégio Oswald de Andrade

Segmento: Fundamental Anos Iniciais

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

De quantos tons se faz a sua presença? Como você imagina uma princesa? A partir dessa questão inicial, um rico trabalho, que teve por base a construção de uma educação antirracista, se fez junto aos alunos de 3º ano do F1. A partir da leitura do conto “A princesa, o fogo e a chuva”, e de outras narrativas sobre príncipes, princesas, guerreiras, guerreiros, orixás e personagens fantásticas, de diferentes tons de pele, buscamos evidenciar a diversidade de tons de pele e desconstruir estereótipos tão enraizados em nossa sociedade. A partir dessa discussão, de tantos tons, os estudantes puderam reconhecer e valorizar identidades e trajetórias de diferentes povos que formaram nosso país

Autores: Áurea Aparecida de Morais, Emilia Souza e Luana Conceição

Escola: Colégio Piaget

Segmento: Educação Infantil

Área: EDUCAÇÃO INFANTIL E SEUS CAMPOS DE EXPERIÊNCIA

Sessão 15

Autores: Roberta Ribeiro da Silva e Marina Montani

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS

Atravessada pelo movimento revolucionário, a alimentação foi alterada em seus rituais, ampliando o acesso aos novos espaços de sociabilidade: os restaurantes. Assim, os estudantes iniciaram uma jornada de pesquisa, entre saberes e sabores, sobre a Revolução Francesa e as relações entre o movimento e a cozinha. Com o planejamento de banquetes e execução de receitas do período, constatou-se que a alimentação não é apenas um momento de nutrição, mas também uma liturgia social.

Autores: Edineia Conrado Arruda e Fernanda Braite

Escola: Colégio Piaget    

Segmento: Ensino Médio

Área: LINGUAGENS E SUAS TECNOLOGIAS

Venha conhecer um trabalho de leitura e escrita que desperta o raciocínio dedutivo para as inúmeras formas de dominar os códigos escrito e artístico. O objetivo é levar o aluno à construção de sentidos a respeito do livro paradidático e da montagem de imagem, formando diferentes relações intertextuais finalizadas com produção textual.

Autores: Roberta Ribeiro da Silva e Michelle Cristina Barbosa Neves

Escola: Colégio Elvira Brandão

Segmento: Fundamental Anos Finais

Área: CIÊNCIAS HUMANAS E SOCIAIS APLICADAS + MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS

Quais acontecimentos históricos são capazes de explicar o período de prosperidade estadunidense no início do século XX? O que significa a “Lei da Oferta e da Procura”? Como o sistema de Juros Compostos é aplicado a investimentos na bolsa? A partir destes questionamentos foi possível estabelecer um trabalho interdisciplinar entre as áreas de conhecimento em História e Matemática.